Workshop sobre hobbies: como a fotografia pode ajudar na prevenção de transtornos mentais

Workshop sobre hobbies: como a fotografia pode ajudar na prevenção de transtornos mentais

A fotografia, como quase tudo relacionado com arte, quando se está bem, sem problemas psicológicos significativos, é uma fonte preciosa de prazeres estimulantes.

A fotografia é um dos meus hobbies. Neste workshop pretendo desenvolver a ideia que constato em mim mesmo, de como ela pode ser muito estimulante em vários níveis.

Com efeito, utiliza-se muitas redes neuronais para exercer o ato de fotografar de tal maneira que se consiga resultados satisfatórios.

É sobre isso o tema deste workshop.

Vejam que não estou falando que é um workshop sobre “fotografia”. Não é. Nem tenho competência para falar sobre isso, não sou profissional do assunto. Tenho competência, isso sim, para falar de como esse hobby pode ser uma fonte intensa de prazer e de estimulação psicológica que certamente agrega saúde mental a quem o está exercendo. Portanto, pela sua simplicidade (pelo menos aparente e no começo) não pode deixar de fazer parte de tema sobre o assunto.

Vou desenvolver esse raciocínio nos workshops presenciais. Por enquanto, aqui, fiquem com este pequeno resumo sobre alguns dos expositores de um salão de fotografia que visitei em Paris em Novembro de 2015. Utilizarei os resultados conseguidos por alguns dos fotógrafos como mote para aprofundar exercícios e considerações sobre o tema.

O Salon International de Photographie “La Quatrième Image” que aconteceu de 27 de Outubro a 01 de Novembro de 2015, reuniu 40 fotógrafos de diversos lugares do mundo que expuseram suas fotos no Espace des Blancs-Manteaux em Paris. O espaço foi dividido em estandes para cada participante. Conversei com três participantes. Um deles era brasileiro, residente em Cuba: Alexandre Meneghini fotógrafo da agência de notícias britânica Reuters que participou com interessantes fotos tiradas em Cuba http://alexandremeneghini.com/ . Uma outra fotógrafa, russa, Galia Nazayants apresentou fotos feitas na India. www.galianazaryants.com . Conversei também, fiz até uma pequena entrevista, com um fotógrafo francês chamado Phililppe Kerignard que apresentou seu trabalho denominado Timigraphies.

Veja a entrevista:

e o site dele www.timigraphies.com que complementará sua exposição.

Dr. José Roberto Campos de Oliveira

Médico pela Faculdade de Medicina da USP. Especialista em Psiquiatria pela AMB e ABP. Psicanalista pelo Inst. Sedes Sapientiae. Mestre em Ciências pela FMUSP.